Caso você tenha tido sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) extraviada nos últimos meses e o Detran do seu Estado não esteja imprimindo a segunda via por conta da pandemia do novo coronavírus, responsável pela paralisação de alguns serviços, não se aflija.

Saiba que você pode pedir a segunda via e acessá-la digitalmente mesmo sem ter o QR code impresso na parte de trás dos documentos físicos emitidos a partir de maio de 2017, condição exigida anteriormente para utilizar o serviço.

Desde o mês passado, o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) passou a oferecer para todo o país o acesso digital da CNH por meio de um código enviado por e-mail que deve ser validado no aplicativo Carteira Digital de Trânsito. Mesmo os documentos emitidos antes de maio de 2017, ou seja, que não tinham o QR code, estão disponíveis para serem baixados no celular.

Nos portais ou aplicativos dos Detrans que interromperam a impressão da habilitação em papel temporariamente, ainda é possível fazer a solicitação de emissão da segunda via pagando, inclusive, a taxa de postagem.

Depois que o pagamento for liberado, o solicitante receberá um código numérico no e-mail cadastrado que deve ser inserido no app para ter acesso à CNH. Assim que os serviços forem normalizados, a promessa é que o documento físico seja enviado para a residência do proprietário, como já era feito antes da pandemia.